Moxico

Detidos 23 elementos por presumíveis crimes durante uma semana

Vinte e três elementos foram detidos por presumíveis autores de 29 crimes diversos registados no Moxico, de 27 de Abril a 04 de Maio corrente, soube hoje, quarta-feira, a Angop de fonte policial.
 

Segundo uma nota de imprensa do Comando Provincial da Polícia Nacional, 26 delitos foram esclarecidos, correspondendo a operatividade de 89,6 porcento.
 
Em relação ao período anterior, houve o aumento de nove delitos, com destaque para 12 ofensas corporais, seis furtos e três abusos de confiança.
 
A justiça por mãos próprias continua a ser o principal motivo de crimes, seguido por desavenças familiares, questões passionais (ciúmes) e o fraco poder económico.
 
Por áreas administrativas, o município sede liderou a lista com 27 casos, sendo os outros dois delitos registados na circunscrição do Alto-Zambeze.
 
No balanço policial, consta 17 buscas dirigidas e duas micro-operações realizadas nos bairros periféricos da cidade do Luena e sede do Alto-Zambeze (Cazombo), que resultaram na detenção de 15 presumíveis marginais implicados em roubos, furtos, ofensas corporais e tráfego ilícito de estupefaciente (liamba).
 
No mesmo período, a PN reporta o registo de 11 acidentes de viação, com dois mortos e 12 feridos, dos quais seis em estado grave e danos materiais por avaliar.
 
Os sinistros, motivados por excesso de velocidade, desacato às regras de trânsito e condução ilegal, ocorreram no município sede (Moxico).
 
Na regularização do trânsito rodoviário, foram aplicadas 27 multas no valor de mais de 325 mil kwanzas, por diversas infracções ao código de estrada, e apreendidos três veículos automóveis, 18 motorizadas, duas cartas de condução e igual número de livretes de circulação, entre outros documentos.

Por: Angop Em: 05-05-2010 15:48:00
Nome

E-Mail

Comentário


Enviar Comentário


Voltar à homepage de O País

 

    Jovem morta na maratona da Calemba

    Com três golpes de faca, um no pescoço e dois no abdómen, Domingas Venâncio não resistiu aos ferimentos antes mesmo de chegar ao Hospital do Prenda

     


    Município de Belas

    ‘Barba-de-aço’ morre espancado

    Eleidson Naval Santana e Barba-deaço eram tão amigos que até se ajudavam a desfazer-se de brigas contra pessoas de outras paragens do bairro.

    Entretanto, uma pequena desavença entre si que, segundo testemunhas mais próximas, teria partido da
     


    Julgamento

    ‘Desleixo’ dos advogados pode facilitar condenação

    O juiz-presidente da sessão, tenente general Cristo António Alberto, revelou que dos mais de dez advogados de defesa dos 23 réus, apenas José Ventura manifestou o desejo de consultar o processo. Só não lhe foi facultado por causa dos constantes recursos que estavam vigentes.
     


    Caso Quim Ribeiro

    Ex-esposa de Quim Ribeiro terá contribuído para os assassinatos

    O antigo comandante provincial de Luanda da Polícia Nacional, Joaquim Vieira Ribeiro, terá achado que o malogrado Domingos Francisco João “Joãozinho” pretendia denunciá-lo ao ministro do Interior e ao comandante geral da Polícia, respectivamente Sebastião Martins e Ambrósio de Lemos, por intermédio da sua ex-esposa Januária Miguel Paulo, reeducadora da Cadeia Central de Viana.
     


    Polícia Nacional registou 237 crimes na passagem de ano

    A Polícia Nacional registou, entre 31 de Dezembro de 2011 e 1 de Janeiro, 237 crimes diversos, mais 12 comparativamente a igual período do ano transacto, de que resultaram a detenção de 226 cidadãos.