| info@opais.net
parcialmente encoberto
Luanda
Clique para aceder á Revista
RSS

Romance

‘O Catador de Bufunfa’ de Roderick Nehone

O Com início às 18 horas e trinta minutos desta sexta-feira, 2, acontece na sede da União dos Escritores Angolanos, em Luanda, a apresentação do romance O Catador de Bufunfa do escritor Roderick Nehone, pseudónimo de Frederico dos Santos Cardoso.

A obra chega ao mercado pela mão da Mayamba Editora e, no mesmo acto, será posta em circulação a nova edição de O Ano do Cão, o livro mais referenciado da bibliografia de Roderick Nehone. O Catador de Bufunfa terá apresentação a duas mãos, por Sílvia Ochôa Arez (professora) e João Melo (jornalista, escritor, poeta e ensaísta) “Esta é a história, contada em primeira mão, de Nazaré dos Relâmpagos de Abril, um estafeta e autodidacta, que pede uma licença sem vencimento no órgão público em que trabalha, para tentar a sua sorte como trabalhador por conta própria”, diz a sinopse de O Catador de Bufunfa, preparada pela casa editora e distribuída às Redacções esta semana.

Na verdade, é um texto de reflexão em torno da sociedade angolana, as estratégias de sobrevivência dos seus membros e onde o fio condutor situa a luta entre o bem e o mal, representados pela moralidade e o seu contrário na construção de artifícios para a obtenção do sucesso na vida.

A descrição disponibilizada pela Mayamba Editora espelha aquele conflito, de resto brutalmente presente no nosso quotidiano: Semanas depois, sem conseguir um novo emprego regular, quando começou a faltar até o pouco a que já se habituara, o homem se desespera e vê não chegar luz alguma no fundo do túnel em que se aventurara. Decide então tomar de assalto a rua em busca de ideias, já que quase nada tinha para vender e muito menos para comprar. Quando lhe parecia não poder agarrar sequer a última esperança ambulante na multidão, um vendedor de rua mostralhe um lugar onde poderia encontrar as ideias que procurava.

Apesar de estupefacto, incrédulo, Nazaré entra, e o que lá acontece faz com que a sua vida mude para sempre. Deixando-se levar pelo sensível farejo do seu nariz, o homem começa a intermediar sem pruridos morais os mais esquisitos negócios até finalmente converter-se numa pessoa que consegue sustentar-se, com confiança, sobre os seus próprios dois pés, os de carne e ossos e os dos negócios”.

O novo romance de Roderick Nehone vai ser comercializado ao preço de mil e quinhentos Kwanzas (AKZ 1.500)

7 - 3 -2012
 
1
 
 
 

Newsletter



Subscreva tambem a newsletter da Exame

Capas da edição nº 281

 
 
 
Assine OPaís Online