| info@opais.net
Muito nublado
Luanda
Clique para aceder ao site do jornal
RSS

Desporto

Crianças que anseiam carreira desportiva

O potencial humano está garantido. Angola é um país em que as pessoas têm grande inclinação para a prática desportiva. Mas para se fazer campeões, é sabido, o investimento deve começar nos escalões de formação, crianças prontas a aprender é o que não falta A VIDA foi visitar alguns clubes de Luanda para constatar os trabalhos que estão a ser desenvolvidos nas camadas jovens, As equipas do 1º de Agosto, Petro Atlético de Luanda, Atlético Sport Aviação (Asa) e Interclub de Angola trabalham a todo o gás na formação de novos atletas.

Na piscina do CODEM (1º de Agosto) encontramos meninas bem-humoradas. Entre as principiantes estava Chelsia Jacira Baltazar Bartolomeu que tem nove anos de idade e mora na Vila Alice, distrito do Rangel. Chelsia Bartolomeu é uma atleta em formação que almeja chegar ao escalão sénior e integrar a selecção nacional da modalidade.

“Quero ser campeã de natação, também desejo representar o meu pais nas competições internacionais, conquistar vitórias e ser recebida no meu país como as campeãs de basquete e de andebol.

A prática desportiva é uma boa forma de manter as crianças entretidas enquanto também aprendem a socializar. Normalmente, em qualquer desporto existe trabalho de equipa e competição. Na natação, por exemplo, apesar de uma modalidade individual, as crianças aprendem a jogar em conjunto e a competir pelo interesse do grupo.

“As actividades desportivas são importantes. É nos escalões de formação que as crianças aprendem os fundamentos das modalidades e ganham espírito competitivo”. Disse Olga, professora de natação no CODEM

PETRO TEM TRADIÇÃO

Desde sempre o Petro de Luanda apostou nos seus jovens, construindo uma longa tradição de Clube formador, de tal maneira que hoje a imagem de marca da formação petrolífera é a excelência.

Uma das vertentes do chamado Projecto de Formação Jovem passava pelas práticas adquiridas durante décadas na formação de jogadores, apontando como grande instrumento de trabalho a construção de um espaço que servisse não apenas para os treinos da equipa principal, mas também para acolher os treinos dos escalões de formação.

NÚCLEOS NOS BAIRROS

Com a criação de núcleos de formação em alguns bairros de diversas províncias do país, que recebem crianças entre os 5 e os 14 anos, o Petro Atlético de Luanda pretende não só detectar talentos, mas também contribuir para a formação desportiva dos jovens angolanos e incutirlhes a cultura de um Clube vencedor.

Assim, os tricolores, associando-se à escolas de futebol já existentes, ou a outras que sejam formadas para o efeito, fornece-lhes a sua experiência e saber acumulados e a imagem da sua marca de qualidade ímpar em Angola, “coordenando um trabalho sistematizado dentro dos modelos pré estabelecidos pela agremiação, esperando mais tarde colher frutos desse investimento”, como frisou Renato Campos, actual director para o futebol jovem do clube do Eixo Viário.

Alberto Venâncio Bernardo é um dos iniciados que treinam futebol pelo Petro.

O jovem reside na Caop A, município de Viana, mas para treinar tem de se deslocar ao município do Kilamba kiaxi. O aspirante a futebolista corre todos os dias em busca do sonho de vir a tornar-se num jogador profi ssional no futuro. Mas sabe que tem que conciliar a formação desportiva com a escolar. E diz: “O meu maior desejo é atingir o escalão sénior, para jogar no girabola e nos campeonatos internacionais”. Estudante da 9ª classe, Alberto defi nese como exímio central e tem como fonte de inspiração o jogador Bastos, titular da principal equipa do Petro.

O JUDO ATRAI CRIANÇAS

Iriana Tavares (15 anos de idade), uma das três meninas da “Academia” de Judo da terra Nova, pratica judo há 3 meses e sonha ser judoca profi ssional. “Eu gosto muito dessa modalidade, não tem muita violência”.

Disse. Estudante da 10ª classe, Iriana assegura que o Judo não atrapalha o seu desempenho escolar: “Tenho um só horário aqui, e também tenho outro para a escola”. E deixa um recado para outras crianças: “Que venham experimentar o Judo.

Muitos pensam que dói, mas não”.

Filipe Costa (9 anos) é dos mais novos da academia.

Inscreveu-se, diz, “porque eu gostava muito disso, porque não aleija. O meu irmão, o meu primo e eu estamos a treinar aqui”. Filipe frequenta a 5ª classe e espera de ser no futuro “um judoca bom”.

Para outras crianças que não queiram praticar judo, deixou um recado: “Aqui, o futebol também é muito bom para as pessoas que gostam do futebol ou andebol».

Isidro de Almeida, 17 anos, envergando o cinturão amarelo avançado, pratica judo há 4 anos. Mas diz ser um “reincidente”: “Estive um tempo parado, estou a começar de novo”, conta. “Eu gosto de desporto. Treinei basquetebol, capoeira, também ténis e agora vim apostar no Judo. É uma coisa muito porreira. Muita gente pensa que é muito físico, que os que treinam Judo querem lutar na rua, mas não. É mesmo amor pelo desporto” Joaquim José Kiuma, que frequenta a 5ª Classe, mora no bairro da Massangarala.

“Vi que o Judo é o desporto ideal para mim”. Disse, revelando que pretende praticar a modalidade por muito tempo, pelo bem que lhe faz. Mas profissionalmente tem outros planos: “Quero ser engenheiro de petróleos”.

E sobre o que pensam os pais destes jovens desportistas que na sua maioria quer profissionalizar-se nas suas modalidades? Joaquim Kiuma tem a resposta que diz ser pessoal: “Não sei como será com os outros, mas no meu caso os meus pais gostam, porque sabem que é bom para mim e para eles também”.

Osvaldo Manuel
19 de Junho de 2012
12:03
 
2
 

Comentários

  1. cristiano
    2013-06-26 16:52:20
    Boa tarde! Gostaria de saber pra onde posso localizar o centro desportivo
  2. Laurinda e silva
    2012-12-10 18:14:18
    Boa noite chamo-me laurinda Tenho 3 filhos dos rapazes 11,06 e a menina tem 9 Anos vivemos no morro bento Pretendo saber onde encontro um centro disportivo
Nome

E-Mail

Comentário


Enviar Comentário
 
 

Newsletter



Subscreva tambem a newsletter da Exame

Capas da edição nº 281

 
 
 
Assine OPaís Online