| info@opais.net
Muito nublado
Luanda
Clique para aceder ao site do jornal
RSS

Retrospectiva

As figuras do ano 2011

Leila Lopes MISS UNIVERSO 2011

Eleita a Diva do ano pela Semba Comunicação, Leila Lopes destaca-se na selecção da “Figura do ano 2011” da VIDA. Leila é a Miss Universo 2011. A eleição da angolana no Brasil elevou o orgulho dos angolanos. Leila venceu 98 candidatas e na final as candidatas da Ucrânia e do Brasil, Olesya Stefanko e Priscila Machado, primeira e segunda damas de honor, respectivamente. A também Miss Angola 2011 vem-se destacando, entre outras actividades, no seu trabalho a favor de causas sociais, quer para os angolanos, quer para os cidadãos do mundo. O Miss Universo, na sua 60.ª edição, realizado pela primeira vez no Brasil, foi assistido por mais de um milhão de espectadores em 190 países. Única negra entre as finalistas, Leila Lopes chamou a atenção por ser a única de cabelos presos durante a cerimónia e também pela sua simplicidade. Natural de Benguela, Leila Lopes é estudante de Gestão de Empresas em Inglaterra.

Paulo Flores músico

Consagrado como o mais querido dos músicos angolanos em 2011, Paulo Flores venceu a 21ª edição do Top dos Mais Queridos, com 193 mil 824 votos do público. Paulo venceu igualmente o Prémio da Crítica atribuído pelo conjunto da sua obra, um reconhecimento público pelos 25 anos de carreira o versátil artísta é considerado a par de Eduardo Paim e Ruca Van-Dúnem, um dos grandes impulsionadores do ritmo Kizomba. Nascido em Luanda, em 1972, Paulo Flores, que lançou o seu primeiro álbum em 1988, conta na sua discografia com 11 discos, para além de um “Best Of” e um DVD ao vivo. As suas canções tratam temas diversos com, a vida quotidiana dos angolanos, a guerra civil e a corrupção. Paulo Flores conta com 25 anos de carreira, e sempre ostentou os valores da cultura angolana, desde a sua herança patrimonial às suas expressões mais vanguardistas, numa busca constante de novas fórmulas e sempre aberto às demais influências musicais.

Roberta Narciso Manequim

A manequim angolana Roberta Narciso destaca-se por ser somente a quarta negra, a semelhança de Naomi Campbell, Jourdan Dunn e Lyndsey Scott, a fazer parte dos castings da marca italiana Prada em toda a sua história. Roberta foi seleccionada por mais de uma vez para apresentar na passarela as propostas da grife italiana considerada um símbolo de luxo e status no mundo inteiro. A manequim que começou assim, aos 17 anos, uma prestigiada carreira internacional de manequim, conta no seu curriculum com vários desfiles de referência internacional entre os quais a participação na Semana de Moda em Hong Kong, a apresentação da nova linha da colecção de primavera de Pier Piccioli e Maria Chiuri, designers da marca Valentino e Bouchra Jarrar, na semana de moda de Haute Couture Primavera/Verão 2011 em Paris, que é um dos mais prestigiados eventos de

moda na Europa. Descoberta no concurso internacional de moda Elite Model, em Xangai, a manequim também desfilou o seu charme e elegância em passarelas de Nova Iorque, (Estados Unidos de América).

Titica cantora

O sucesso “Chão” contagiou o país. Diferente, Titica é uma das cantoras do ‘momento’, também dona de uma personalidade forte. Ela define-se como uma pessoa “super extravagante, divertida e batalhadora”. Motivo de comentário em vários níveis da sociedade pela sua forma de se apresentar, cantar e dança sem qualquer tipo de preconceito ou vergonha, Titica lançou no mês de Outubro o seu primeiro álbum, intitulado “Chão”. Vítima de preconceito devido á sua opção sexual, a artista que começou a ser conhecida como bailarina de Kuduro das artistas Noite e Dia, Própria Lixa, Nayol Crazy e Nacobeta, diz que é muitas vezes julgada não pelas musicas que canta mas pelo facto de ter assumido a sua sexualidade e dar um rumo diferente à sua vida.

Nino Republicano PROMOTOR

Responsável pelas mais destacadas festas e eventos realizados em 2011 em Luanda, Nino Republicano, presidente da LS Republicano destaca-se como promotor com maior número de espectáculos musicais realizados. O promotor conta no seu curriculum com a produção de várias obras discográficas de sucesso, entre as quais as dos Zona 5, Anselmo Ralfh, C4 Pedro, Big Nelo, Cage One, Carlos Burity, Walter Ananaz e do grupo de humor Tuneza. Os espectáculos dos artistas internacionais Alcione, Dhi Ribeiro, Awil-Ló Longomba, e os Raça Negra, Kelly Key, Maurício Mattar, Alexandre Pires, dos Raça Negra em Angola também constam da lista de eventos de Nino Republicano. Beneficente, durante o ano o promotor destacou-se ainda em eventos de cariz solidário. Filho de pai militar, Republicano teve que sujeitar-se a mudanças constantes. Foi desta maneira que começou a organizar festas, pois sentiu necessidade de enquadrar-se em diversas cidades, numa altura em que se apercebeu de que organizar festas poderia ser rentável, pois conseguia reaver todo o dinheiro que investia e um pouco mais.

Yuri da Cunha Músico

O músico angolano dispensa qualquer apresentação. Considerado Showman pela sua forma de se apresentar em palco, um dos mais recentes grandes feitos de Yuri da Cunha intitula-se “Sou Lusófono”, um DVD gravado ao vivo no Campo Pequeno, em Lisboa, Portugal, com 23 faixas. O artista lotou o recinto e teve como convidados os angolanos Bonga, Pérola, Geovanni e os Lambas. O português Rui Veloso e os cabo-verdianos Boss Ac e Jorge Neto também fizeram parte do espectáculo. Sucessos como “Homem é bom”, “Tá a Doer”, “Grande Amor”, “Esperança” e “Amigo” das três obras discográficas do artista levaram o público ao delírio. Nas suas intervenções o músico angolano Yuri da Cunha realça para a nova geração a importância da aprendizagem das línguas nativas, com finalidade de proteger e desenvolver a música e, consequentemente, a sua internacionalização, visando a preservação e desenvolvimento da cultura nacional. O trajecto musical de Yuri da Cunha iniciou-se na sua infância, assistindo aos ensaios do conjunto “Os Kwanzas”, onde o seu pai, Henrique da Cunha “Riquito”, era um exímio guitarrista.


Puto Português cantor

Um verdadeiro artista em palco, Puto Português, que lançou o seu álbum no final do ano passado, é um dos artistas mais queridos do país, tendo arrebatado o segundo lugar no Top dos Mais Queridos 2011, superado apenas pelo músico Paulo Flores. O músico destacou-se no decorrer de 2011 com várias apresentações dos muitos sucessos que compõem o “Geração do Semba” merecendo o titulo do artista mais rapidamente premiado da música angolana. O primeiro álbum a solo de Puto Português (antes cantor de kuduro) surgiu numa altura em que, decidiu opta por seguir a sua carreira a solo e aderir a um outro estilo musical, o semba. Composto por doze faixas musicais entre as quais: “Monami”, “Casa da Sogra”, “Ta Malé”, “Historias Pra Contar”, a obra contou em 2011 com três reedições.


Elisabeth Santos ESTILISTA

Uma referência da moda em Angola, a estilista Elisabeth Santos criou a primeira estampa nacional para tecidos, denominados Jominawa, Benganova e Samalela. As estampas são consequências de uma pesquisa de dezassete anos que resultaram em mais de cinquenta modelos a serem desenvolvidos. A estilista defende que é preciso os criadores de moda começarem a dar maior destaque aos projectos nacionais, de forma a dinamizar a produção interna e, consequentemente, a cultura angolana. Elizabeth Santos Realça ainda a necessidade de também se despertar o interesse da população para o uso frequente de trajes tradicionais. A intenção é fazer com que as mulheres jovens e adultas exibam roupas de marca angolana nas suas diversas actividades sociais. No activo há mais de 30 anos, Francisca Elisabeth dos Santos, descendente de linhagem de costureiros, é uma das mais antigas criadoras de moda do país e já foi indicada como a grande referência da moda em Angola, por se dedicar a fazer experiências com materiais tradicionais. A estilista teve formação em moda nas províncias do Huambo (Seminário Emanuel Donde), Luanda (Instituto Médio de Artes Plásticas) e Brasil (Estágio no Instituto Universal Brasileiro), entre outros seminários pelo mundo.

Irmão Alves DJS

Os dois irmãos, Paulo e Ricardo Alves, autores do programa “Mix Fm” e ligados ao mundo da rádio e dance music há 15 anos, destacam-se entre os artistas desta classe em Angola. Conhecidos pela habilidade que têm em entreter os “amantes” do house music nas noites luandinas, os também conhecidos por Two Brothres já partilharam o palco com Djs de referência mundial, entre os quais: Taboo dos Black Eyed Peas, Louie e Anane Vega, Dj Oskido, Black Coffee, Shana e a cantora Bucie, Zakes Bantwin, Liquedeep, Black Motion e Boddhi Satva. Também promotores de eventos, os manos contam no seu curriculum, entre outros, com os eventos: Mix Fm Club Party, Fanta Dj Tour, Luanda Sound Beats LSB e Afro House Celebration.

Aguinaldo Veiga FUTEBOLISTA

O jogador do Recreativo do Libolo, Aguinaldo Policarpo Veiga, 22 anos de idade, foi uma das maiores atracções na noite da 11ª gala de premiação dos melhores do Girabola 2011, ao ser considerado melhor jogador do Girabola. Organizado pela Rádio 5, canal desportivo da Rádio Nacional de Angola, a gala foi realizada numa das salas de espectáculos da capital do país, com o objectivo de valorizar o desempenho dos futebolistas e contou com a presença de várias entidades ligadas a modalidade. Na gala o futebolista aproveitou a oportunidade para felicitar toda a equipa do Libolo pela conquista do campeonato. Com uma carreira promissora, o atleta do Libolo passou por Portugal, onde representou o Clube Tondela da II Divisão e a Académica de Coimbra.

Yola semedo CANTORA

Participou em todos os espectáculos de maior referência do país e realizou nesse último mês do ano, na Praça da Independência, a venda de um CD e DVD sobre os seus 25 anos de carreira musical, com cinco músicas inéditas intitulado “Diário de memórias”. O DVD da cantora é resultante do espectáculo ao vivo realizado este ano no cine Atlântico em homenagem a sua “boda de prata”. Yola Semedo foi ainda a atracção principal no Festival Nacional de Música denominado Festidez, onde actuaram mais de vinte artístas realizado na cidade do Lubango, província da Huíla. No curriculum da cantora constam entre outros, o prémio de “Voz de Ouro” melhor voz feminina de Angola, por três vezes consecutivas, prémio de Balada do ano, Diva do ano e Top dos Mais Queridos. Yola iniciou a sua carreira musical em 1984, como vocalista, do grupo IMPACTUS 4 (sem os seus irmãos), na cidade onde nasceu, tendo feito sua primeira grande aparição pública no cinema Arco Íris, na cidade do Lubango, interpretando a música “A Minha Boneca”.


Selecção feminina de basquetebol campeã

As atletas da selecção nacional angolana sénior feminina de basquetebol também constam entre as figuras de destaque do ano, pela conquista do Afrobasket 2011, disputado de 23 de Setembro a 2 de Outubro deste ano em Bamako. Pela primeira vez na história do basquetebol angolano a sua equipa feminina se sagra campeã africana. Orgulho nacional, as campeãs destronaram na final a selecção senegalesa (dez vezes campeã continental), por 54-62. Na ocasião o Presidente da Republica de Angola, José Eduardo dos Santos, também felicitou a Selecção sénior feminina de basquetebol e o seu corpo técnico pela inédita e histórica conquista, “por esta acção ímpar, que honra e dignifica a Nação angolana”. A lembrar que fruto desta vitória, a Selecção vai também estar presente nos Jogos Olímpicos de Londres, em 2012.

Selecção feminina de ANDEBOL campeã

A par da meninas do basquetebol a selecção angolana de andebol feminina trouxe para casa a medalha de ouro conquistando os 10.º Jogos Africanos que decorreram em Maputo, capital de Moçambique. As “meninas bonitas” venceram na final a sua congénere do Congo Brazaville, por 42-23 e enquadrando-se nas listas das doze mais da revista VIDA. A equipa orientada por Vivaldo Eduardo comprovou assim o estatuto de grande favorita à vitória e revalida, assim, o título conquistado na Argélia, em 2007. A selecção angolana de andebol feminina participou ainda no Mundial de Andebol Feminino, que decorreu no Brasil de 2 a 18 de Dezembro.

Waldney Oliveira
19 de Janeiro de 2012
10:34
 
0
 

Comentários

Nome

E-Mail

Comentário


Enviar Comentário
 
 

Newsletter



Subscreva tambem a newsletter da Exame

Capas da edição nº 281

 
 
 
Assine OPaís Online